Eficiência energética "made in Portugal" também arrefece os custos do setor de frio comercial e profissional

 

 

A Quercus como parceira nacional do ProCold, comunicou e divulgou os resultados do projeto e salienta a presença de dois fabricantes nacionais nas listagens, com modelos em várias categorias - a ArcaBoa e a Mercatus, que veem desta forma reconhecidos os seus esforços no mercado internacional.

 

Durante três anos, o projeto ProCold demonstrou que é possível reduzir estes consumos entre 30% a 50% e, que os modelos mais eficientes e fechados (com portas ou tampas), podem permitir poupanças de milhares de euros durante a sua vida útil. Os aparelhos de armazenamento ou exposição comercial usados em supermercados, hotéis, restaurantes, bares ou cantinas, por terem elevados consumos energéticos, conduzem a despesas consideráveis para os seus utilizadores, que muitas vezes os desconhecem.

 

O ProCold provou que os fabricantes estão disponíveis e têm capacidade para produzir aparelhos muito eficientes e que os utilizadores aprovam e reconhecem os seus benefícios. Graças ao esforço do projeto, os temas de poupança de energia e proteção ambiental foram promovidos e instituídos no mercado.

 

Através do acompanhamento tecnológico e legislativo do mercado de frio profissional e comercial, da recolha de dados dos aparelhos existentes no mercado e consequente identificação dos melhores modelos em diversas categorias de produtos, mediante um conjunto rigoroso e objetivo de critérios de seleção, foi possível, durante três anos, apoiar o desenvolvimento e a melhoria dos modelos autónomos e promover o uso de refrigerantes com baixo impacte climático.

 

Mais de 1.000 utilizadores diretos, fabricantes e instituições públicas foram envolvidos no projeto, através da realização de inúmeras reuniões, workshops, apresentações e negociações nos oito países participantes, para garantir o aumento da quota de mercado dos modelos mais eficientes. As atividades de divulgação, a nível nacional e europeu, permitiram aumentar a consciencialização para as temáticas relacionadas com a energia e ambiente, poupanças económicas, obrigações legais, políticas e questões de normalização. O sucesso do projeto permitiu que a Suíça desenvolvesse um programa de subsídios, que renovou este ano, e na Áustria, um programa semelhante, foi organizado pela primeira vez neste setor.

 

A evolução do mercado ao longo dos três anos de projeto é evidente. Em março de 2015, 85 modelos de 10 marcas cumpriam os critérios de seleção e atualmente, mesmo com critérios mais rigorosos, encontram-se mais de 160 modelos de 27 marcas. O gráfico seguinte ilustra o desenvolvimento registado na categoria "armários de refrigeração". Todas as listas de produtos, bem como os critérios de seleção estão disponíveis em www.topten.eu/procold, bem como em http://www.topten.pt/index.php?page=sobre_o_procold.

 

grafico procold jan18

 

Pela primeira vez neste setor foi organizada uma competição entre produtos, com o objetivo de acelerar o desenvolvimento tecnológico, promover a inovação e fomentar a concorrência entre fabricantes internacionais. A resposta dos fabricantes foi muito positiva e, após uma fase de ensaios em laboratórios acreditados, foram identificados os modelos vencedores, em cinco categorias diferentes, que foram premiados com um logotipo ProCold numa cerimónia pública, que decorreu na feira EUROPSHOP 2017.

 

 

Lisboa, 30 de janeiro de 2018

 

A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

Share
No mês passado Outubro 2018 Próximo mês
D S
week 40 1 2 3 4 5 6
week 41 7 8 9 10 11 12 13
week 42 14 15 16 17 18 19 20
week 43 21 22 23 24 25 26 27
week 44 28 29 30 31

Quercus TV

 

Espreite também o nosso Canal no VIMEO.

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb