Quercus apoia Evento Internacional que debate a Agricultura Urbana como componente de Sistemas Alimentares Resilientes e promove a Rede CityFood em Portugal

A Fundação RUAF - Rede Global para a Agricultura Urbana e Sistemas Alimentares “cidade-região” Sustentáveis (1), constituída por municípios, universidades e consultores, de diversas organizações internacionais e o Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa estão a organizar uma sessão de trabalho, que terá lugar no dia 24 de Abril das 10.30H às 18.00 Horas, na Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa.

 

Este evento, cuja mentora principal é a investigadora Cecília Delgado nossa voluntária especialista na temática, tem como objetivo partilhar boas práticas, sucessos e dificuldades experimentadas por governos locais, nacionais e estrangeiros, no desenvolvimento de iniciativas de agricultura urbana como componente de sistemas alimentares resilientes. Os resultados serão partilhados e discutidos na sessão de trabalho com os municípios presentes esta terça-feira feira, dia 24 de Abril, na Fundação Gulbenkian. O processo será moderado pelos peritos internacionais da Fundação RUAF.

 

A Quercus defende a agricultura urbana e proporcionou algum apoio logístico à organização deste evento, na sequência da divulgação que fez da Rede Cityfood (1) junto dos Municípios portugueses no passado dia 16 de Outubro de 2017, Dia Mundial da Alimentação. Este envolvimento surge no âmbito da colaboração da investigadora Cecília Delgado com a associação desde 2016. A Quercus tem também promovido, apoiado ou participado noutras iniciativas relacionadas com a temática da alimentação e sustentabilidade, donde se destaca a campanha pelas Localidades sem Pesticidas; a produção dos vídeos “Natureza Comestível”; o projeto internacional “Supply Chainge” (3) sobre sustentabilidade de alguns produtos alimentares no contexto das cadeias de fornecimento nos hipermercados, e mais recentemente a participação num projeto europeu sobre vitivinicultura e biodiversidade (4). Um dos primeiros encontros nacionais sobre agricultura urbana (5) foi coorganizado em 2005 por uma atual colaboradora da Quercus.

 

 

(1) http://www.ruaf.org/ruaf-global-partnership

 

(2) Rede CityFood: http://www.ruaf.org/cityfood

 

(3) http://www.supplychainge.org/

 

(4) http://www.quercus.pt/projectos/erasmus

 

(5) https://pt.slideshare.net/humaneasy

 

Programa do Evento

 

Acerca da Agricultura Urbana

 

A literatura e a investigação cientifica já validaram um conjunto de potencialidades da Agricultura Urbana como instrumento de adaptação e mitigação às alterações climáticas, e como forma de potencializar o uso e a eficiência de recursos urbanos e proteção da biodiversidade.

 

O conceito Agricultura Urbana é abundantemente utilizado, urge contudo esclarecer o seu significado. O conceito mais consolidado e aceite é de Luc Mougeot: “Agricultura Urbana é uma atividade localizada dentro (urbano) ou à margem (periurbano) de uma cidade ou zona metropolitana, que produz, processa e distribui uma diversidade de alimentos e não alimentos, reutilizando ou usando recursos humanos e materiais, produtos e serviços, que existem nas áreas urbanas ou imediatamente circundantes (periurbano), que por sua vez, fornece esses recursos humanos e materiais, produtos e serviços, em larga medida para a área urbana.” (Mougeot, L. 2000. Urban agriculture: Definition, Presence, Potential and Risks. International Development Research Centre - IDRC).

 

 

 

 

Share
Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb