Floresta Natural Precisa de Mais Atenção

Assinala-se hoje o Dia da Floresta Autóctone data estabelecida com vista a promover a importância da conservação das florestas naturais. A escolha desta data para se proceder a acções de sementeira ou plantação de árvores, está também mais adaptada às nossas condições climatéricas constituindo um evento alternativo ao Dia Mundial da Floresta a 21 de Março, que foi criado inicialmente para os países do Norte da Europa.

 

Num País onde a maior parte das florestas naturais desapareceu ou está muito alterada nunca é de mais relembrar a importância destes bosques e das espécies que o compõem tanto em termos ecológicos como económicos. A aposta nas florestas de crescimento rápido com recurso a espécies exóticas tem contribuído para o agravamento de alguns problemas de ambiente nomeadamente ao nível da erosão dos solos, da propagação dos incêndios bem como para a perda de biodiversidade. Por outro lado escasseiam algumas das espécies autóctones com importância económica seja no sector de produção de madeiras nobres como de derivados diversos.  

 

Numa altura em que diversas pragas e doenças afectam as actuais florestas de produção, nomeadamente o pinheiro-bravo (e.g. a mortalidade causada pelo Nemátode da Madeira do Pinheiro ameaça neste momento o futuro do pinhal em Portugal) e em que a propagação dos incêndios florestais se tornou um flagelo, em parte também resultante do tipo de floresta em que temos apostado, pensamos ser esta uma oportunidade para repensar o futuro e dar um lugar de maior relevo às nossas espécies. Neste sentido pensamos que também deveria haver um maior cuidado na preservação dos bosques remanescentes de floresta autóctone e que algumas espécies, mais raras e ameaçadas devem ser alvo de legislação específica com vista à sua conservação.

 

Projecto “Criar bosques, conservar a biodiversidade”

 

Com vista à promoção da Floresta Autóctone a Quercus tem a decorrer desde 2008 o projecto “Criar bosques, conservar a biodiversidade”.Trata-se de um projecto que visa conservar, criar e cuidar de bosques com espécies autóctones, potenciando as diversas valências que estes encerram, através de acções de manutenção e recuperação da floresta original.

 

O êxito destas acções depende do empenho de todos, quer sejam membros da QUERCUS, cidadãos anónimos, privados, entidades públicas e privadas ou ONGA’s. Mais informações em  www.condominiodaterra.org/criarbosques

 

 

Lisboa, 23 de Novembro de 2009

 

A Direcção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb