Ave em perigo de extinção devolvida à natureza hoje dia 23 Abril em Nisa

CERAS - Hospital de Fauna Selvagem

 

No final de 2008 e após quase uma década de existência, ingressaram neste centro mais de 1100 animais de 110 espécies.O Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens é um projecto gerido pelo Núcleo Regional de Castelo Branco da Quercus, com o apoio da ESACB e de outros mecenas particulares, que tem como principal objectivo recuperar animais selvagens debilitados e devolvê-los ao meio natural.Em 2008 verificou-se uma taxa de animais devolvidos a natureza de 66%.A ave devolvida hoje à natureza foi recuperada no CERAS.

 

Milhafre Real ingressou por envenenamento

 

No passado dia 31 um caçador recolheu  Milhafre-real (Milvus milvus) num caminho rural, em Nisa (Montalvão), tendo este sido entregue ao SEPNA que o fez chegar ao CERAS em Castelo Branco. Foi diagnosticada a causa de entrada como envenenamento. A ave esteve em recuperação 3 semanas, estando agora em condições de ser devolvida ao seu habitat natural. O Milhafre-real é uma espécie ameaçada de extinção em Portugal, estando classificada no livro vermelho dos vertebrados como em Perigo critico. Actualmente conta apenas uma população de 30 casais reprodutores, distribuídos longo da faixa fronteiriça oriental nos distritos de Bragança, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja. Os principais factores de ameaça a esta espécie são o veneno, a electrocussão em linhas eléctricas e o abate a tiro.

 

Acção de sensibilização ambiental para a população

 

Será realizada antes da libertação da ave, uma acção de sensibilização para a população na Santa Casa da Misericórdia de Montalvão pelas 15 horas de hoje dia 23 Abril.

 

 

Castelo Branco, 23 de Abril de 2009

 

A Direcção do Núcleo Regional de Castelo Branco 

da Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza

 

 

 

Share

Quercus TV

       

 

Espreite também o Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb