Eco Festival Salva a Terra 2017

 

O verão ainda vem longe mas a festa em Salvaterra do Extremo já tem data marcada. De 22 a 25 de junho do próximo ano a aldeia do concelho de Idanha-a-Nova recebe mais uma edição do Festival Salva a Terra, uma organização da Quercus que serve para financiar o Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens, que funciona em Castelo Branco desde 1999.

 

 

15724765 10153990335111898 7144178917111760591 o 1

 

 

Festival Bienal em Salvaterra do Extremo de angariação de fundos para o Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens (CERAS), composto por inúmeros concertos, workshops, percursos interpretativos, conferências, cinema ao ar livre e animação diversa. Os participantes poderão acampar junto à aldeia e terão à sua disposição uma cantina onde poderão efectuar as suas refeições.

 

Nesta edição do festival vamos deixar marcas físicas na aldeia de Salvaterra do Extremo,  uma das quais será o melhoramento da estação de tratamento de águas residuais (ETAR) da localidade!

 

Os artistas, voluntários e organização juntam-se pela causa deste evento e as verbas angariadas durante o festival revertem para o CERAS.

 

Para minimizar o impacto ambiental dos transportes utilizados na deslocação para o festival, a Quercus contabiliza os quilómetros feitos pelos artistas e converte-os em valores de CO2, que posteriormente resultam na plantação de árvores em terrenos da associação situados na área do Parque Natural do Tejo Internacional.

 

Siga as novidades na página de facebook do Festival ou no site!

 

 

 

 

 

Share
Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign