Quercus e Junta de Freguesia de Pedrógão de Aire plantam 800 árvores e arbustos autóctones - 23 Fevereiro, P.N. Serras de Aire e Candeeiros

florestaNo próximo dia 23 de Fevereiro, pelas 10 horas, a Quercus e a Junta de Freguesia de Pedrógão de Aire (concelho de Torres Novas), associam-se para plantar espécies autóctones em Casal de João Dias, numa ação que visa recuperar uma área degradada, em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros. O espaço a intervencionar, uma antiga zona de deposição ilegal de lixo e entulhos com cerca de 9.500 metros quadrados que foi recentemente encerrada pela Junta de Freguesia, vai agora ser recuperado através da instalação de cerca de 800 árvores e arbustos pertencentes a 14 espécies, entre as quais se destacam: o carvalho-português (Quercus faginea ssp. broteroi), o medronheiro (Arbutus unedo), a azinheira (Quercus rotundifolia), o aderno (Phillyrea latifolia) e o lentisco (Phillyrea angustifolia).

 

 

 

Esta iniciativa dá continuidade a uma parceria entre a Yves Rocher Portugal e a Quercus para o período 2010-2014, que visa a recuperação do coberto vegetal autóctone em diversos locais do país através da plantação de 165.000 árvores/arbustos autóctones, sobretudo em Áreas Protegidas e Sítios da Rede Natura 2000, no âmbito do projeto "Plantemos Para o Planeta" levado a cabo pela Fundação Yves Rocher – Institut de France.

 

Esta iniciativa insere-se igualmente no projeto "Criar Bosques" da Quercus que tem por objectivo criar e cuidar de bosques de espécies autóctones (árvores e arbustos da flora portuguesa), nomeadamente carvalhais de carvalho-português, de carvalho-alvarinho (Quercus robur), de carvalho-negral (Quercus pyrenaica), carvalhais mistos, azinhais, medronhais e sobreirais (Quercus suber), bosques reliquiais de carvalho-de-Monchique (Quercus canariensis), bosquetes de loureiro (Laurus nobilis), bosques paludosos ou aluvionares com amieiro (Alnus glutinosa) e outras espécies ripícolas, bosques de teixo (Taxus baccata) e azevinho (Ilex aquifolium).

 

O compromisso da Fundação Yves Rocher – Institut de France


O objetivo mundial do projeto "Plantemos Para o Planeta" assenta na plantação de 50 milhões de árvores até 2015. O projeto surgiu de um encontro entre Jacques Rocher, presidente honorário da Fundação Yves Rocher – Institut de France e Wangarï Maathaï, que foi prémio Nobel da Paz e madrinha da ação. A Yves Rocher age através da sua Fundação como mandatária oficial para coletar os donativos em benefício de associações especialistas em reflorestação, escolhidas pela sua implicação no terreno. Em Portugal, a associação parceira da Yves Rocher é a Quercus e juntas, assumiram o compromisso de plantar 165.000 árvores/arbustos até 2014.

 

 

Lisboa, 19 de Fevereiro de 2013

 

Logos

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também o nosso Canal no VIMEO.

Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign