• Pesticidas
  • Pesticidas

Pesticidas

 

HISTORIAL

 

A Quercus iniciou o seu trabalho na área dos pesticidas em 2006, participou numa ação sobre resíduos de pesticidas em produtos alimentares de supermercados a pedido da PAN-Alemanha. Mais tarde, desenvolveu algum trabalho de acompanhamento e crítica do processo de transposição da Diretiva Europeia de Uso Sustentável de Pesticidas. Esse contexto e a lacuna existente no panorama das ONG portuguesas no acompanhamento e intervenção públicas sobre o uso de pesticidas em Portugal, aumentaram o sentido de urgência de uma intervenção nesta área. A Quercus veio a aderir à Pesticides Action Network - Europe (PAN-Europe) em 2013 e trabalha desde essa altura em articulação com essa associação europeia sediada em Bruxelas.

 

Toda a colaboração na área dos pesticidas até à data presente tem sido feita exclusivamente em regime de voluntariado e atualmente a Quercus conta com voluntários especializados de formações diversas, como veterinária, biologia e ciências agrárias.

 

Em 2014, a Quercus lançou uma campanha sobre o glifosato e os herbicidas em espaços públicos  que se iria desenvolver bastante nos anos seguintes, com bom impacto na opinião pública e junto das autarquias portuguesas, interligando-se também com a campanha europeia Pesticide Free Towns.

 

Através do Grupo de Trabalho Pesticidas, a Quercus participa ativamente na Semana Europeia Sem Pesticidas, publica artigos e posições, participa em consultas públicas e em petições e campanhas diversas e organiza eventos, entre outras atividades.

 

 

 OBJETIVOS PRINCIPAIS:

 

- Colaborar com a Pesticides Action Network-Europe e outras organizações congéneres, dando apoio, dentro do possível às campanhas que visem a redução do uso de pesticidas, em particular os químicos de síntese.

 

- Acompanhar a política nacional relativa ao uso dos pesticidas e intervir criticamente sempre que adequado;

 

- Procurar participar em consultas públicas e outros processos afins, a nível nacional e europeu;

 

- Desenvolver campanhas, se possível a nível nacional, que promovam a redução da utilização dos pesticidas químicos de síntese, em especial os que apresentam maiores riscos e perigosidade para a saúde e o ambiente, com destaque para a campanha sobre o uso dos herbicidas, em curso;

 

- Abordar e divulgar a temática dos disruptores endócrinos associados aos pesticidas; - Abordar a temática abelhas e pesticidas.

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também o nosso Canal no VIMEO.

Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign